top

Principal

Blog

JUN 16 2011
Comentar Busca Avancada Em PDF

Licenças de Obras. Um pouco sobre Creative Commons e GPL

Resolvi escrever esta postagem para abstrair um pouco a respeito das licenças de obras, como softwares, músicas, fotos ou qualquer outra produção que possa gerar direitos autorais. Minha inteção é ajuda a você, que precisa, economizar um tempo na hora de escolher entre elas, ou simplesmente gostaria de entender melhor como funcionam.

Existem várias licenças, porém creio que duas delas sejam as mais famosas, a Creative Commons, e a GPL. Creio que a diferença fundamental entre elas é que a GPL trata especificamente de software, enquanto a Creative Commons, trata de qualquer outra obra como textos, músicas, imagens, filmes e outros, mas também software, devido seu caráter generalista.

Existem algumas particularidades entre elas, mas em muitos aspectos as licenças se assemelham. A Creative Commons têm algumas vantagens claras à primeira vista, ela possui "versões", para a mesma licença, visando o leigo, o jurista, e o computador; existe no site também um questionário que indica qual a licença mais adequada para cada necessidade. vejam:

 

 

Porém a licença GPL prevê particularidades que só os softwares possuem. Ela tem a característica de "travar" as obras derivadas obrigando-as a também se licenciar com a GPL.

 

 

Ambas licenças evoluíram ao longo do tempo. Inclusive há derivações da GPL, como a LGPL, que regulamenta o uso de bibliotecas de código, e tem caráter mais permissivo. Existe também a FDL, uma licença para uso geral, textos imagens entre outros, controlada pela mesma fundação que criou a GPL.

De maneira geral, a Creative Commons dá mais possibilidades ao licenciador. Uma delas, a CC BY-SA, é mais parecida com a GPL, por permitir o uso para fins comerciais. De qualquer forma, a GPL é mais difundida e conhecida no meio do software. Resumindo, eu recomendo o uso de cada uma de acordo com a obra a ser licenciada, se software o mais adequado é a GPL ou LGPL, se outros a Creative Commons lhe atenderá muito bem.

Newsletter
Assunto: Geral | Comentários(0) | Postado por André EXPANDIR
JUN 11 2011
Comentar Busca Avancada Em PDF

Troca de óleo usado por óleo novo Granol em Anápolis-GO e região

Se você usa muito óleo e não sabe o que fazer com o resíduo, ou conhece alguém que use e também não sabe como descartar adequadamente, faça como este pessoal aqui. Troque o seu óleo usado por óleo novo, economizando dinheiro e poupando o meio ambiente.

Tem muita gente que usa o óleo de fritura para fazer sabão. Mas mesmo assim, os óleos mais escuros e queimados não dão um sabão bonito, e muitas pessoas não o usam nestas condições. Como o descarte ideal não existe, pois o óleo pode contaminar tanto o solo quanto a água, a opção mais interessante é reutilizá-lo para a fabricação do Biodiesel.

A empresa Granol, presente no Centro-Oeste e em outras regiões, faz trocas de óleo usado na proporção de 4 litros pra 900ml. Isso em parceria com empresas locais que se dispõem a fazer o recolhimento e armazenamento temporário, como é o caso da Compensados Anápolis. Na região de Anápolis, Goiás.

troca de UFU por novo

O óleo usado deve estar necessariamente acomodado em garrafas PET, aquelas de refrigerante, de 2 litros.

Vou aproveitar o espaço para dar a bronca. A algum tempo enviei um e-mail para a Granol, para saber se existia alguma lista dos parceiros recolhedores nas várias regiões, pois gostaria de publicá-la aqui, mas eles nem me responderam! E esta lista também não existe no site da empresa. É uma pena, uma ideia tão bacana, que deveria ser expandida, está sendo subestimada.

Endereço para a troca em Anápolis:

Compensados Anápolis: Av. Brasil Norte, 715, Cidade Jardim Anápolis, Goiás, Brasil - 75.080-240

Telefone: + 55 62 3311-1600

Se você não está em Anápolis, ainda há esperanças, busque saber se há alguma empresa na sua região que faça o recolhimento do óleo usado. Contribua para o futuro!

 

Newsletter
Assunto: Eco | Comentários(0) | Postado por André EXPANDIR
JUN 08 2011
Comentar Busca Avancada Em PDF

A alternativa 'berço a berço', um conceito de que 'lixo é alimento'

Acabei de ver um documentário da TVescola muito interessante e que me introduziu um novo conceito na área da sustentabilidade. De tão empolgado não pude esperar muito para publicar esta postagem.

A alternativa é conhecida como "berço a berço" do inglês cradle to cradle, e parte do princípio de que todo material deveria ser altamente reciclável, sendo portanto matéria prima para outros produtos. Excluindo portanto o conceito de lixo. Já que o lixo na verdade alimentaria ou a biosfera ou a tecnosfera (maquinário que produz / transforma materiais e objetos).

Junto a este princípio está também o da descontaminação dos materiais tóxicos, fazendo com que os produtos não sejam nocivos aos humanos, animais e nem ao meio ambiente.

Na página oficial do conteúdo é possível assistir o vídeo fazendo um cadastro simples, porém achei os mesmos vídeos no youtube, vejam:

 

 

 

 

Material adicional que encontrei sobre o mesmo assunto:

 

 

Newsletter
Assunto: Eco | Comentários(0) | Postado por André EXPANDIR

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 

Feed RSS Boletim de novidades via email Siga-me no twitter
Lab de Garagem Lubuntu Espírito Livre Seja Livre .org

FRASE DO DIA

spacer

Quem já passou por essa vida e não viveu, pode ser mais, mas sabe menos do que eu...

Vínicius de Moraes


bottom